Será???

O Flamengo entrou hoje com o seguinte time: Marcelo Lomba; Léo Moura, Jean, Ronaldo Angelim e Juan; Correa, Willians, Renato e Petkovic Leandro Amaral e Val Baiano. Por incrivel que pareça, diferentemente dos últimos anos a defesa do Flamengo é o setor que tem dado menos dor de cabeça. Sendo uma das melhores do Brasileiro e o time que levou menos gols após a volta da copa. Não é coincidência que este seja o setor que menos sofreu mudanças após a conquista do Brasileiro de 2009, tendo somente a entrada de Jean, que apesar de ser alvo de criticas por parte da torcida, a meu ver ele tem jogado muito bem, é opção em bolas paradas devido a sua altura e sendo um dos melhores em campo hoje. No meio de campo, a decepção hoje fica por conta de Renato. Foi a primeira vez assisti um jogo dele após a sua volta. Não consegui ver nem sombra do antigo Renato, que saiu do Flamengo com futebol em alto nível. No jogo de hoje só apareceu para dar toque de lado e completamente sem pontaria nas raras vezes que finalizou. Espero que seja falta de ritimo. A meu ver, o caso do Renato é o seguinte: ele foi para um Futebol sem muita tradição, e nem precisava jogar 100% para se equiparar aos outros, aí ele volta para um Futebol de alta competitividade e sente a diferença. Willians da gosto de ver jogar pela dedicação em campo e até por chamar o jogo e partir pra cima, mesmo não sendo caracteristica dele. Aliás, foi assim que sofreu o penalti na ultima partida que nos deu a vitória. Espero que permaneça no Flamengo. Correia também tem feito seu papel, e o Pet como sempre é o jogador que faz a diferença, só que ainda não faz milagre. Jogou bem hoje, tabelou, fez lançamentos, finalizou, mas não teve com que jogar no ataque. O nosso ataque outrora destruidor, hoje é completamente inoperante. No primeiro tempo a dupla foi Leandro Amaral e Val Baiano. Até que achei o Leandro Amaral mais participativo e tentando ajudar, mas o Val Baiano é complicado. Ele já não é isso tudo em forma, gordo do jeito que ele está é impossível fazer alguma coisa. Muito lento, sempre aparecendo em impedimento, uma trajédia! Mas o time até que foi bem no primeiro tempo. Mas é aí que entra o dedo PODRE do "treinador". Até que a troca do Val Baiano pelo Vinicius eu achei boa, agora tirar o Leandro pra colocar esse Borja? Nada contra o Borja, mas ele não tem condições técnicas de atuar na série A do futebol brasileiro. Imagine então vestir a camisa do maior time daqui? Se na categoria de base do Flamengo não tiver ninguém melhor que esse Borja, pode mandar fechar!!! Até um cone é melhor! Depois o Rogério ainda tirou o Pet pra colocar o Kleberson... essa já é complicado de analizar, pois não sabemos as condições em que o Pet estava, mas em condições normais, eu até colocaria o Kléberson, mas no lugar do Renato. Perder um jogo como o de hoje da raiva! Poderiamos ter ganhado, o Atlético que vem capengando nesse campeonato, na zona de rebaixamento, não ofereceu perigo no jogo e no finalzinho um gol que tira a chance de avançarmos na tabela. Será que ainda temos chances de sermos Hepta? Será que temos chance de Libertadores? Sul Americana? todas essas perguntas estão ligadas a uma única: Será que agora vão demitir o Rogério?

3 comentários:

  AF STURT

22 de agosto de 2010 20:40

Fora Rogério!

Só isso mais nada!

  Mel

22 de agosto de 2010 21:12

O Jean melhorou, gostei dele em campo hoje, Willians sinceramente não me impressiona, sempre o achei um ótimo jogador, espero que continue sempre assim. Ao Renato realmente falta ritmo de jogo. Achei que o Leo Moura podia ter participado mais... Trocar o Pet já era esperado, trocar o Val pelo Vinicius é trocar seis por meia duzia, só que a troca do Leandro pelo Borja abalou muito a equipe... O Leandro estava se movimentando, correndo, gostei muito de ve-lo jogar!
A esperança é que agora demitam o Rogério...

Abraço, SRN.

  Cleber Soares

24 de agosto de 2010 13:23

e ai Corvo, blz.
eu não sou muito de ficar cornetando técnico, mas RL já deu oque tinha que dar..... precisamos de um técnico com mais ousadia e mais banca, caso contrario ficamos igual aos bambis paulistas... senão for um técnico à altura este é engolido pelo elenco que na teoria tem muito mais moral.

CLEBER SOARES