Musa da Nação - Mel (Brasileiro 1980)

Inaugurando o nosso novo quadro Musa da Nação aqui no Fla6, tenho a honra de apresentar a nossa linda representante do Brasileiro de 1980! Acho que grande parte dos nossos leitores já devem conhecer essa Paranaense fanática que faz valer a máxima de que Paixão não tem Fronteiras. Estou falando da estudante de publicidade, blogueira e rubro negra Mel. Na postagem a seguir, ela nos conta um pouco mais dessa paixão pelo mais querido do Brasil e como passou a fazer parte dessa Nação!


Eu acredito em um dos maiores clichês do futebol, que diz que “time não se escolhe”, quando tudo te influencia para torcer por um time, mas você acaba se identificando com outro. Comigo foi assim. Minha família paterna é toda muito fanática. Avô, tio, tia, primos, todos atleticanos. Reuniões de família sempre tinha sua hora para falar de futebol e eu sempre me interessei, adorava ouvir meu tio falando com tamanha empolgação e paixão, era algo extraordinário, me encantava. Certa vez ele conseguiu convencer minha mãe a me deixar ir com ele à Arena da Baixada. Tinha 9 anos. Foi algo... Mágico. A torcida, os gritos, a energia daquele lugar. Era tudo fascinante. Desde então, futebol pra mim não era mais papo pra ouvir em reuniões de família, era algo para o dia-a-dia. 
Mas lembram que eu disse que time a gente não escolhe? Pois é. Mesmo com toda a convivência com o Atlético Paranaense, eu até hoje não sei explicar o porquê, mas meu pai, mesmo sem argumentar em nada, conseguiu que eu o “puxasse”, e integrasse essa incrível nação rubro-negra e torcer pelo FLAMENGO.
Eu e meu pai somos os únicos flamenguistas de uma família toda de atleticanos. Já perguntei pra ele porque ele resolveu fugir à regra, mas tem coisas que não se explica. Tenho um carinho imenso pelo time que me fez conhecer o que é o futebol, entender toda uma paixão e a energia de um estádio cheio. Mas torcer está no sangue, e o meu, graças a Deus, é flamenguista.
O Flamengo é um time bastante complicado. Gosta de fazer seu torcedor sofrer. Testa nossos nervos, nosso coração e nosso “flamenguismo”. Engana-se quem acha que torcer pelo rubro-negro é fácil, mesmo assim somos a maior torcida do mundo. Os melhores momentos que passei com esse time, foram posteriores a momentos que testam qualquer torcedor. Passar de fase na Libertadores de 2010, salvar-se na penúltima rodada do Brasileirão do  mesmo ano, a arrancada incrível para o titulo brasileiro de 2009. Momentos que só um verdadeiro flamenguista acredita que tudo dará certo.
 Isso porque quem torce pelo Flamengo já aprendeu que não se duvida nunca do time, muito menos da força da nação, mas dizer isso é ser repetitiva. 
Chorei muito quando o Zico saiu do Flamengo, pouco tempo depois de ter assumido como dirigente, pela decepção, pela forma que foi tratado. Fiquei triste quando perdemos quem eu considerava o melhor goleiro do Brasil na época, Bruno. Perdi uma noite de sono quando fomos desclassificados pelo Universidad de Chile na Libertadores. 
Mas há coisas que compensam algumas decepções, até porque, isso faz parte do futebol e nos mostra que nosso amor pelo Flamengo vai além de tudo isso. Até porque, ora, temos tudo que podíamos querer: Uma Libertadores, um Mundial, seis Brasileiros e trinta e dois cariocas e a maior e mais linda e apaixonante torcida do mundo. Temos raça, tradição, união, paixão. Isso momento ruim nenhum tira da gente, e é o que faz o Flamengo ser tão invejado por todos os outros clubes.

Brasileiro 1980

Bom, pra falar um pouco do título que tenho a honra de representar, não vi o Flamengo ser campeão em 1980, mas creio que foi um dos, ou o mais importante, não só por ser o primeiro, mas por ser o inicio da grande “Era Zico”, veio como um aviso para tudo que o Flamengo conquistaria naquela década. Acredito que o sonho de qualquer torcedor é ver hoje o Fla como era nos anos 80. 
E para representar esse título, escolhi a camisa mais antiga que tenho do Fla:

1 comentários:

  oPerna

29 de maio de 2012 22:49

oooooooolha ai ein, vou dar a moral pra ela HAUSahusaHUSHSAus!!!

nooix melsinha!!