Flamengo fecha com BMG!

O Flamengo fechou na noite da última quinta-feira um contrato de patrocínio com o BMG, para estampar sua marca nas mangas da camisa do rubro-negra. Com o novo acordo, onde o clube faturará R$ 8,5 milhões por ano, além dos R$ 22 milhões pagos pela Batavo, o clube se torna o segundo maior patrocínio do Brasil.
Agora, o valor total que o Flamengo tem a receber de patrocinadores passa para R$ 32 milhões. No contrato com o BMG, o Fla terá R$ 8 milhões destinados para o futebol e R$ 500 mil vão diretamente ao basquete. Além do acordo inicial, a cota de patrocínio do futebol pode chegar em até R$ 10 milhões se o clube vencer a Copa Libertadores.

Com mais um contrato alto financeiramente fechado, o Brasil começa a se destacar na área de patrocínios. O interesse das empresas em ver suas marcas expostas nas camisas das grandes equipes do futebol nacional fez com que esses contratos fossem cada vez mais valorizados.

Atualmente, os valores pagos pelos patrocinadores, junto com as verbas recebidas pelos direitos de transmissão na televisão, representam quase toda a receita dos grandes clubes de futebol.

A presidente do clube, Patrícia Amorim, comemorou o novo acordo e espera que renda muitos frutos ao esporte em geral do Flamengo.

- O Flamengo vive um momento de consolidação de seu presente e de prospecção de seu futuro. Nosso presente está sob controle. Não diria que equacionado, mas administrável. Esse patrocínio vai dar tranqüilidade para o pagamento de compromissos. Ao mesmo tempo, esse contrato abre espaço para uma parceria maior no futuro - afirmou ao site oficial do clube.

Em termos financeiros não se pode negar que são bons números, mas o fato é que a camisa com esses patrocinadores não está nada atraente. Primeiramente a Batavo, que além da cor, é muito grande e com aquele desenho TOSCO da menininha em cima. Uma boa solução seria colocar o desenho do lado, ou melhor, deixar só o escrito sem o desenho.
E agora pra piorar veio a BMG, com a cor laranja! Antes mesmo dela acertar com o Flamengo eu já achava feio as camisas dos times patrocinados por esse Banco que por sinal, está quase monopolizando os petrocinios no Brasil. Nós, torcedores do Flamengo nos acostumamos com um uniforme que durante os anos não mudou muito de Patrocinio, com a Petrobrás por 24 anos. Aí veio a Olimpikus, que até ficou bem pelas letras serem brancas. Depois veio a ALE, que além de ter ficado bom deu sorte, rs. Fomos campeões Brasileiro.


Até que ponto a benefício financeiro supera a tradição? Por que os times em sua maioria centenários ou quase, tem que abrir mão da tradição, de suas cores, e as empresas não podem?

1 comentários:

  AF STURT

13 de fevereiro de 2010 03:07

Essa menininha é muito feia em qualquer lugar.
E essa loga marca do BMG,além de ser amarela,é grande ,vamos ver como vai ficar no uniforme(futebol) do mengo.